Igreja Batista Getsemâni

Tigre surpreende, abocanha e abranda fome com Azulão do Nordeste

Mixto vence CSA-AL por um a zero, solidifica união do grupo, avança para 2ª fase e agora não tem mais jogadores em campo, mas verdadeiros Tigres

Junior Martins
Mixto

Junior Martins

Junior Martins

O fator surpresa é primordial na caçada do Tigre. É desta forma que consegue derrotar animais muito mais velozes e muito maiores. Nem sempre a caçada da resultados, mas o Tigre sempre sabe superar os revezes e aproveitar a surdina do desacreditado para atacar e abater a presa. E foi desse jeito que o Mixto Esporte Clube, o Tigre, sobrepujou a derrota para o União de Rondonópolis no estadual e perseguiu obstinadamente uma vitória sobre o CSA-AL, o Azulão (time de série A), em estreia na Copa do Brasil, nessa quarta-feira (06.02), na Arena Pantanal, em Cuiabá.

 

“A gente estava desacreditado, fomos escrachados, pisados, mas deus é fiel. A gente fez pelo Mixto, pela minha esposa, pelo meu filho, pelas esposas e filhos dos jogadores. Todos sabemos que o Mixto é grande. Mostrou ser grande hoje e vai voltar a ser grande. Voltar a ter Centro de Treinamento e a dar a melhor condição aos atletas. A diretoria faz de tudo pela equipe. A única coisa que a gente pede é apoio da torcida. Não vai dar certo toda vez. Não vai ganhar toda vez, mas não vai faltar entrega”, desabafa o treinador, Toninho Pesso. 

 

No primeiro tempo, o Mixto mostrou posicionamento bem marcado, apresentou velocidade pelas beiradas, foi inteligente ao esperar o adversário propor o jogo e ir pra cima e, consequentemente, abrir espaços para o Alvinegro. Assim o Mixto preencheu esses espaços, foi quem mais criou jogadas, mais teve posse de bola, mais teve chances de gol e manteve marcação forte e avanço no contragolpe. E deu certo a estratégia de não propor jogo a partida inteira e a equipe cresceu, enquanto o oponente tentava descobrir o que acontecia. 

 

“Nosso objetivo de passar à segunda fase foi alcançado. Tivemos uma vitória especial. Estou muito feliz. Uma alegria muito grande. Agradeço a torcida que nos ajudou muito. Nos empurraram bastante e nos deram fôlego para irmos até o fim da partida. Durante o jogo há momentos que não conseguimos escutar a torcida, pois estamos focados no que acontece em campo, mas há momentos em que bate o cansaço e é nesse instante que conseguimos escutar o grito da torcida e isso nos dá força para continuar”, conta o atleta, William Amendoim. 

 

No segundo tempo, com apenas dois minutos, William Amendoim se posicionou na 2ª trave, recebeu uma bola que sobrou de um cruzamento e marcou o gol da vitória. Em seguida, Toninho trocou Dinelson Lima, que sentiu dor na posterior, por Renan Neves, substituiu Rodrigo Biro por Leandro da Silva e, próximo ao fim do jogo, retrancou o time ao tirar John Marques e colocar Roberto Silva. E como o Alvinegro estava na retranca, o Azulão pressionou ao máximo, mas o sistema defensivo e o goleiro Vinícius Barriviera haviam fechado as balizas (1x0). 

 

“Por mais que a situação esteja tensa, o goleiro precisa manter a calma. Precisa estar pronto para defender uma bola difícil a qualquer momento. Concentração, foco e calma são essenciais. Saí de campo com a sensação de dever cumprido e tendo feito gols. Como dificilmente os goleiros tem oportunidades de fazer gols, as defesas difíceis são como se fossem os nossos gols. Todo nosso grupo está de parabéns, jogaram com garra e muita raça e tendo feito tudo que o treinador determinou. E a torcida nos incentivou do início ao fim”, disse o goleiro, Vinícius.   

 

Parceiros 

 

O Mixto Esporte Clube conta com o apoio do Sistema de Crédito Cooperativo – Sicredi, Unimed Cuiabá, Fort Atacadista, Zaeli Alimentos, Rede de Hotéis Mato Grosso e Cuiabá 300 Anos. E o Campeonato Mato-grossense de Futebol 2019 tem como patrocinador a empresa Eletromóveis Martinello. Mais informações sobre o Tigre de Vargas estão disponíveis na página do clube no Facebook. 

 

Próximas Caçadas

 

Mixto e Cuiabá se enfrentam oficialmente pela 32ª vez neste sábado (09.02), às 18h, na Arena Pantanal, pela quarta rodada do Campeonato Mato-grossense Martinello, em Cuiabá. E Mixto aguarda o vencedor do jogo entre Chapecoense-SC e São José-RS, que ocorre dia 13 de fevereiro, no Rio Grande do Sul, para saber quem será o adversário na segunda fase da Copa do Brasil. 

 

Texto e crédito da fotografia: Junior Martins/MixtoEC 

Contato Imprensa: (65)99611-8288


Fonte: Mixto Esporte Clube

Visite o website: http://www.mixtoec.com.br